Pular para o conteúdo principal

Ser real


Aproveitando os ensinamentos de uma boa leitura deixo aqui um trecho do livro que me fez refletir sobre os meus ciclos de vida e o que espero para o meu futuro partindo de hoje, aos 43 anos. Leia comigo e aproveite a reflexão:

No livro A Coragem de Ser Imperfeito, BreneBrown termina um capítulo com uma passagem do livro The Velveteen Robbit da escritora Margery Williams. Diz assim:
" - Ser real não tem a ver com a maneira como nós somos feitos - disse o Pele de Cavalo. - É uma coisa que acontece. Quando uma criança o ama por muito, muito tempo, e não apenas para brincar com você, mas o ama de verdade, então você se torna REAL.
- É isso dói? - quis saber o Coelho.
- Às vezes - respondeu o Pele de Cavalo, pois ele era sempre muito sincero. - Mas quando somos REAIS não nos importamos de nos ferir.
- Tudo isso acontece de uma vez? Ou acontece aos pouquinhos?
- Não acontece de uma vez. Para se tornar REAL leva muito tempo. Por isso não ocorre normalmente com aqueles que desmontam com facilidade, ou que têm pontas afiadas, ou que têm que ser tratadas com muito cuidado. Geralmente, quando você se torna REAL, a maior parte do seu pelo já caiu, seus olhos pularam para fora, suas juntas se curvaram e você está bem surrado. Mas essas coisas não incomodam mais porque, quando alguém se torna REAL, não pode mais ser feio, a não ser para as pessoas que não entendem nada."

Essa é uma bela passagem para pensar no modo como você se vê, como se ama. Isso tudo faz parte do autoconhecimento, do amor próprio que nos aperfeiçoa e nos faz amar e sermos amados intensamente porque somos AUTÊNTICAS. E agora, o quanto você é ou será REAL?

Comentários

  1. Tão singelo e rico. O processo de amadurecimento do amor próprio é pra quem permite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelas palavras querida, desculpe a demora em responder. Fiquei muito feliz! bjs

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Look neon nos acessórios

Semana começando e o especial O neon que quero é. .. na reta fina! Os últimos posts falamos de como usar a tendência do neon com looks elegantes , para festas e com estampas ! Mas, estar com um look atual nem sempre quer dizer usar uma peça de roupa da moda, você pode aderir à tendência de uma forma mais discreta nos acessórios. Bolsas, sapatos, colares, brincos ou pulseiras, você escolhe! Confira as fotos e inspire-se!

Símbolos das etiquetas de roupas - o que significam

Quando você compra uma peça de roupa, você se preocupa em olhar a etiqueta para conferir os símbolos de lavagem? Na hora da compra levamos em consideração o valor, caimento da peça no corpo, tipo de tecido, cor, padronagem. Experimentamos e saímos satisfeitas com a nova aquisição. Pensamos com o que usar, quais os acessórios que irão combinar, onde e quando vestiremos aquela peça de roupa. Mas, na hora de lavar você segue as instruções da etiqueta?

O que o look de hoje comunica?

Na Imagem Sentida trabalho com os objetivos, os sentimentos e a conexão com a natureza para a escolha das roupas que irão falar sobre a minha imagem. Na foto acima busquei CONFORTO como ponto central: tecidos que acompanham meus movimentos e bota sem salto. A sobreposição do moletom sobre um vestido confere o máximo de aproveitamento do meu guarda-roupa multiplicando peças e mudando suas características (o vestido faz a função de saia no look). Uso a COR como benefício para entrar em equilíbrio com minha RAZÃO, EMOÇÃO e INSTINTO. O cinza escolhido no look monocromático se conecta com a minha ESTABILIDADE, o segundo ponto necessário para o meu dia, agrego ainda mais harmonia com o ponto de cor que vem com o colar, com uma pedra natural verde, na região central do colo. Planejar um look não é só escolher suas roupas no guarda-roupa mas, encontrar a energia, a mensagem e o alvo final para você desempenhar todas as suas funções com amor. E tudo isso estimula sua BELEZA NATURAL, sua au