Pular para o conteúdo principal

Superando medos e reencontrando o prazer de pedalar

 

Pode ser que para você seja um hobby ou esporte comum. Mas, para mim não era bem assim. Nunca fomos muito amigas, aos 16 anos sofri um acidente com ela, que me deixou a cicatriz na cabeça com os pontos que levei e as lembranças das dores. De lá para cá nunca abusei da nossa relação, sempre devagar e confesso com medo de cair novamente, assim nosso contato era esporádico.

Tive os filhotes e me pego com o coração de mãe aflito a cada manobra, velocidade, rampas, curvas que se aventuram em suas pedaladas. Ah! Sim! Estou falando das bicicletas. Contudo, eu sei que não posso passar meu medo para eles, assim mantenho o estímulo e sempre peço que tomem cuidado.

Acontece que faz algum tempo que estou num processo de redescoberta, reconexão, meditação e reencontro com a minha criança. Para quem pratica o Ho'oponopono essa é uma das ferramentas para a busca da nossa paz, conversar com nossa criança interior. E numa das minhas meditações, percebi que precisava superar essas memórias, enfrentar meus medos e me deixar levar para ter mais uma oportunidade de mexer o corpo, ter saúde e me divertir com meus filhotes e marido!! Nós 4 em passeios com o vento batendo no rosto!! E aí está...eu e ela juntas, em um novo relacionamento, onde eu me desafio e aprendo novamente o prazer de pedalar. Deixo ela me levar e juntas vamos além, curtindo as paisagens à beira mar, pensamentos que fluem e dentro do coração uma criança que sorri satisfeita. E quanto a mim? Alegria!

Não se deixar levar pelos medos e memórias passadas é um dos processos de cura, de renovação que cada um de nós pode buscar com a ferramenta de amor e fé que tiver, o importante é se permitir sentir. Em algum lugar haverá a luz que abrirá novas fendas, janelas e portas para oportunidades que virão. O que é isso? Vida para se viver bem.

Obrigada por estarem aqui!! Beijos no coração.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O que o look de hoje comunica?

Na Imagem Sentida trabalho com os objetivos, os sentimentos e a conexão com a natureza para a escolha das roupas que irão falar sobre a minha imagem. Na foto acima busquei CONFORTO como ponto central: tecidos que acompanham meus movimentos e bota sem salto. A sobreposição do moletom sobre um vestido confere o máximo de aproveitamento do meu guarda-roupa multiplicando peças e mudando suas características (o vestido faz a função de saia no look). Uso a COR como benefício para entrar em equilíbrio com minha RAZÃO, EMOÇÃO e INSTINTO. O cinza escolhido no look monocromático se conecta com a minha ESTABILIDADE, o segundo ponto necessário para o meu dia, agrego ainda mais harmonia com o ponto de cor que vem com o colar, com uma pedra natural verde, na região central do colo. Planejar um look não é só escolher suas roupas no guarda-roupa mas, encontrar a energia, a mensagem e o alvo final para você desempenhar todas as suas funções com amor. E tudo isso estimula sua BELEZA NATURAL, sua au

Símbolos das etiquetas de roupas - o que significam

Quando você compra uma peça de roupa, você se preocupa em olhar a etiqueta para conferir os símbolos de lavagem? Na hora da compra levamos em consideração o valor, caimento da peça no corpo, tipo de tecido, cor, padronagem. Experimentamos e saímos satisfeitas com a nova aquisição. Pensamos com o que usar, quais os acessórios que irão combinar, onde e quando vestiremos aquela peça de roupa. Mas, na hora de lavar você segue as instruções da etiqueta?

A Natureza Humana

Qual é o seu movimento de hoje?? Ele representa seu desejo! Em se tratando de cores, aquela que representa a Natureza Humana é o amarelo. Simbolizando também o pai, aquele que conduz pelo caminho, que orienta, a paternidade.  No Sol, amarelo, temos a luz para que possamos enxergar os caminhos. O astro rei no céu sem fim.  Mas, a escolha sempre será nossa! Sempre será nosso movimento! Preste atenção por onde está seguindo!  Conecte-se com a sua Natureza, visualize, sinta e assim, o tenha!